quinta-feira, 26 de março de 2009

Meu plano

Meu plano era deixar você fugir quando quiser
Meu plano era esperar você voltar
Engano meu achar que o plano é passageiro
Engano meu (...)

Andei fazendo planos para você (...)

lenine

terça-feira, 24 de março de 2009

Lenine segundo Sadock

Tenho medo de gente ( fobia social?) e de solidão ( pânico?)

Tenho medo da vida e medo de morrer

Tenho medo de ficar e medo de escapulir

Medo que dá medo do medo que dá ( agorafobia?)

domingo, 15 de março de 2009

Lenine II

Solidão, o silêncio das estrelas, a ilusão
Eu pensei que tinha o mundo em minhas mãos
Como um deus e amanheço mortal
E assim, repetindo os mesmos erros, dói em mim
Ver que toda essa procura não tem fim
E o que é que eu procuro afinal?

Spotless Mind




Joel: I can't see anything I don't like about you.
Clementine: But you will, you will think of things and I'll get bored with you and feel trapped because that's what happens with me.
Joel: Ok.

Aphatia

Aulo Gellio, define o comportamento dos estóicos, "que nada desejam, de nada se queixam, não se irritam e não se alegram". O estoicismo teve seus continuadores em Sêneca e Marco Aurélio, que almejavam a libertação do homem do sofrimento, das paixões e das emoções.

sexta-feira, 13 de março de 2009

Lenine

É como se eu fosse pr'um Vietnã
Lutar por algo que não será meu
A curiosidade de saber
Quem é você?...
Queria ter coragem de te falar
Mas qual seria o idioma?
O quadro, o giz
A curiosidade do aprendiz
Diante de você...

quarta-feira, 11 de março de 2009

Extra, Extra


jornal velho ninguém lê mais.
não é mais notícia, não serve mais.
assim, servir até que serve
serve de lençol, serve de papel machê
serve de avião, de barquinho,
serve pra bater no cachorro
serve pra limpar janela
servir, até que serve.




mas ninguém lê mais.

segunda-feira, 9 de março de 2009

domingo, 8 de março de 2009

Listen

The most basic and powerful way to connect to another person is to listen. Just listen. Perhaps the most important thing we ever give each other is our attention…. A loving silence often has far more power to heal and to connect than the most well-intentioned words.
Rachel Naomi Remen