segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Deus e português

desapareça.
Deusapareça.

(convém que eu diminua e que Ele cresça)

(...)

Mas e aquilo que o futuro
vai trazer pra você
na manhã de amanhã
amanhã de manhã

quem vai ver?

Karma

É mais ou menos assim: A mulher acha um cara
que parece ser diferente de todos os outros. Se apaixona.
Vai descobrindo que ele é tão idiota quanto todos os outros.
E continua apaixonada mesmo assim


Santa estupidez, batman.

sábado, 28 de novembro de 2009

Não me ignore


Ah! Desgraçados! Um irmão é maltratado e vocês olham para o outro lado? Grita de dor o ferido e vocês ficam calados? A violência faz a ronda e escolhe a vítima,e vocês dizem: "a mim ela está poupando, vamos fingir que não estamos olhando". Mas que cidade?Que espécie de gente é essa? Quando campeia em uma cidade a injustiça,é necessário que alguem se levante. Não havendo quem se levante,é preferível que em um grande incêndio,toda cidade desapareça,antes que a noite desça.

Bertolt Brecht

Lanterna dos Afogados

video

E são tantas marcas que já fazem parte do que eu sou agora, mas ainda sei me virar. Tô na lanterna dos afogados. Eu tô te esperando, vê se não vai demorar...

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

(Re)Conhecer

Depois de gastar tanto tempo se empenhando em tentar entender e conhecer alguém, você vai descobrindo que te faz feliz entender quem você é também... Se conhecer.
Re-conhecer.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Definição

Cristã, Pernambucana, Meio médica. Vinte e poucos anos. Brinco de ser fotógrafa, publicitária, artista. Gosto de fingir que toco piano, violão e sei cantar. Quando tenho tempo, e em ocasiões especiais arrisco cozinhar. Em vão, tento aprender a dançar. Lavo prato, passo roupa, cuido de gente. Discretamente quero ser percebida, sem nunca chamar atenção. Tanto faz, não é suficiente pra mim. Quando quero, QUERO. Se não quer, NÃO quero. Não insiste. Mas não desiste. Só não aceito metade quando ofereco inteiro. Não não perco meu tempo decorando nome de ator de novela, marca de carro, grifes da moda. Gosto de olhar o mar. A música sempre depende. Tem cheiro que mexe comigo. Recife apaixona. É, posso dizer que gosto de quem eu sou. Não sei onde vou parar, mas estou curtindo a caminhada.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Felicidade

Você já foi tomado por uma certeza engraçada
de que seria feliz independente das variáveis da sua vida?

Dragões



"Ninguém é capaz de compreender um dragão.
Eles jamais revelam o que sentem.
(…)
Já que o dia e a noite deles acontecem para dentro."

Caio F. Abreu

The Nicest Thing


I wish you couldn't figure me out
But you'd always wanna know what I was about"

Kate Nash

Amor (?)

Tenho medo do amor que só me tece elogios. Que só me vê acertar, que me acha perfeita. Tenho medo do amor que me edita, que me recorta. Que só consegue enxergar uma parte de mim, amor que me vê como convém. Tenho medo da imagem, das projeções, das expectativas, das idéias que têm sobre mim. Não quero amor do mundo das idéias. Eu sou real.

Eu gosto do amor que já me viu chorar, brigar, ficar com raiva. Que já me viu perder a calma, errar. Errar feio. Gosto do amor que brigou comigo e teve coragem de me dizer verdades que não queria escutar. Do amor que tentou ficar sem falar comigo, mas não conseguiu. Gosto do amor que sabe quanto peso, e me carrega mesmo assim. Do amor que me pôs de castigo no quarto. Gosto do amor que teve motivos para ir embora, mas resolveu ficar. Gosto do amor que me conhece, e ainda assim, segue me amando...

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Pacientemente

Quando eu estiver triste
se puder, ouça pacientemente
tudo que eu tiver para dizer
mesmo que eu não pareça
querer chegar em lugar nenhum

não é pra fazer sentido
é pra fazer sentir melhor (...)

sábado, 14 de novembro de 2009

A revolução do coração (...)

Planos

Eu gosto de fazer planos. Arquitetar minhas idéias, tentar fazer as coisas darem certo. Eu gosto de por o mapa em cima da mesa e imaginar a viagem. Gosto de fazer planos mirabolantes. Gosto de planejar mesmo sabendo que não pode acontecer. Gosto de planejar até os imprevistos. Se acontecer isso, eu isso. Se acontecer aquilo, eu aquilo. Gosto de estar preparada, e de apostar o que eu tiver. Mas as vezes os planos falham, e tantas vezes eu mudo os meus planos. E é cansativo ter que apagar, recomeçar, desenhar tudo de novo (...)

Mas os Teus planos não mudam. E em vez de ficar planejando noites a fio, talvez eu fosse mais feliz se deitasse tranquila e me preocupasse apenas em seguir o Teu plano. Teu plano perfeito pra mim.

domingo, 8 de novembro de 2009

Recife


No ponto onde o mar se extingue e as areias se levantam cavaram seus alicerces na surda sombra da terra e levantaram seus muros. Depois armaram seus flancos: trinta bandeiras azuis plantadas no litoral. Hoje, serena flutua, metade roubada ao mar, metade imaginação, pois é do sonho dos homens que uma cidade se inventa.


Carlos Pena Filho

Relicário

Outro dia peguei minha mãe furando a parede do escritório. Fiquei surpresa quando percebi que as obras de arte a serem penduradas na parede eram minhas e da minha irmã. Desenhos de pintura a dedo de 1992, telinhas pintadas nas aulas de arte de 1997. Meu Deus, como o tempo passou. E como eu lembraria disso se não fossem os quadros pendurados na parede?

Gente

Às vezes me dá enjôo de gente.
Depois passa e fico de novo toda curiosa
e atenta.
E é só.

Clarice Lispector

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Traduzir-se

Uma parte de mim é todo mundo:
outra parte é ninguém:
fundo sem fundo.

Uma parte de mim é multidão:
outra parte estranhezae solidão.
Uma parte de mim
pesa, pondera:
outra parte
delira.

Ferreira Gullar